2006

Maratona Universitária da Eficiência Energética

Inscrevemos protótipo Eco-Veículo na categoria gasolina mas ele quebrou e acabamos não participando.

Resultados.1

2007

Maratona Universitária da Eficiência Energética

Participamos com o protótipo gasolina Eco-Urb2! mas nenhuma prova foi completada.

Resultados.2

2008

Maratona Universitária da Eficiência Energética

E subimos ao pódio pela primeira vez, na estreia do E-Urb! Com ele conquistamos a 3ª colocação na categoria elétrica e ganhamos três motores para os laboratórios da UNIFEI. Na categoria gasolina chegamos em 10º lugar, com o E-Urb2.

Resultados.3

2009

Maratona Universitária da Eficiência Energética

O ano da dobradinha! Conquistamos a 1ª e a 2ª colocação na categoria elétrico, com os protótipos Tesla e E-Urb, respectivamente. Como prêmios, recebemos dois automóveis modelo Siena – FIAT. Na categoria gasolina, o Octanum foi o 5º colocado.

Resultados.4

Resultados.5

Resultados.5.1

2010

Maratona Universitária da Eficiência Energética

Apostamos novamente nas categorias elétrico (Tesla) e gasolina (Octanum 2). Pela conquista do 3º lugar com o Tesla, ganhamos um kit com três motores. O Octanum 2 conseguiu a 5ª colocação.

Resultados.6

Resultados.6.1

2011

Maratona Universitária da Eficiência Energética

Não conseguimos completar as provas nas categorias gasolina (Carnot) e etanol (Caiana), obtendo as 16ª e 6ª colocações respectivamente. Com um novo protótipo elétrico, conquistamos o 2º lugar. Como prêmio recebemos um automóvel modelo Uno – FIAT.

Resultados.7Resultados.7.1

Resultados.7.2

2012

Maratona Universitária da Eficiência Energética

Foram 4 carros inscritos na Maratona: Ampèra e E-Urb (elétricos), Carnot (gasolina) e Caiana (etanol). Por problemas técnicos, o Carnot não conseguiu completar a prova e o E-Urb não chegou a correr na pista. Esse desfalque foi compensado pela conquista do 1º lugar com o Ampèra e 2º com o Caiana. Recebemos como prêmios 2 automóveis modelo Sandero – Renault.

Resultador.8

Resultados.8.1

Shell Eco-marathon Americas

Esse ano ainda competimos na Shell Eco-marathon Americas. Foi o primeiro ano que equipes do Brasil competiram, e a UNIFEI foi a melhor colocada entre as equipes brasileiras, com o 6 º lugar na categoria elétrico.

Resultados.8.2

2013

Maratona Universitária da Eficiência Energética

Os protótipos inscritos na Maratona da Eficiência Energética foram: BlackVOLT (elétrico), Helermann (elétrico), Otto (gasolina) e Moecana (etanol). Este ano conseguimos a 6ª colocação com o Helermann e o 3ª colocação com o BlackVOLT, porém foi desclassificado devido a demora para entrar na pista. Com problemas técnicos o Otto não completou a prova e o Moecana não chegou a entrar na pista.

Shell Eco-marathon Americas

Além desta competição, participamos na SEMA 2013 com o BlackVOLT (elétrico), conquistando a 7ª colocação na categoria protótipo elétrico.

2014

Maratona Universitária da Eficiência Energética

O projeto participou da MEE com os seguintes protótipos: Otto (gasolina), Moecana 2.0 (etanol) e Theodomiro (elétrico). Conquistou-se a 2ª colocação com o Theodomiro e 8ª colocação com o Otto.

Shell Eco-marathon Americas

Este foi um ano marcante para a história do EcoVeículo na Shell Eco-marathon Americas. Participando com o protótipo BlackVOLT (elétrico), o projeto conquistou a 3ª colocação na categoria protótipo elétrico, recebendo um prêmio de US$ 500,00.

coloca

10325526_687339304636058_5407608671686533344_n

2015

Neste ano, devido a problemas com patrocinadores, a Maratona da Eficiência Energética não ocorreu, sendo assim prorrogada para o ano posterior.

Na competição internacional, o projeto participou com o Theodomiro (Elétrico), porém com problemas técnicos o protótipo não completou nenhuma das tentativas.

2016

Shell Eco-marathon Americas

Pela primeira vez na história do projeto a equipe levou 2 protótipos para a competição, um movido à bateria elétrica (Gorgulho) e outro movido à etanol (Caldeira).

O protótipo Gorgulho ficou na sétima posição do rank; já o etanol completou 6 voltas na pista, e apesar de não conseguir uma marca válida, foi uma grande vitória para a equipe levar um protótipo movido à etanol pela primeira vez e ser aprovado facilmente na inspeção técnica da competição.

Além disso, o EcoVeículo conquistou o prêmio de comunicação da Shell Eco-marathon Americas 2016, sendo assim a equipe que melhor fez uso dos meios de comunicação e mídia, recebendo um prêmio de US$ 2000,00.

Premiação SEMA 2016

Resultado Elétrico